Anuncios

SEJA NOSSO PATROCINADOR, DIVULGUE SUA MARCA E SEJA RECOLHECIDO MUNDIALMENTE!
 



O Santuário do Bom Jesus  com  suas grutas, hoje lugar sagrado para peregrinos de várias partes do mundo, é um dos pontos  atrativos no roteiro do turismo religioso do Brasil. As belezas do local  foram destacadas por  Alberto Antonio Curia, argentino, é consultor de turismo e agente de viagens, em matéria especial para o site Diário de Cultura, da Argentina, destacando a Capital Baiana da Fé como um dos principais pontos turístico do Brasil.

Veja os relatos do argentino sobre o Santuário do Bom Jesus.
 
Por ele. Igrejas e templos religiosos são uma das grandes atrações turísticas de várias partes do mundo, seja por sua arquitetura, por sua convicção ou simplesmente por sua história.

Além das estruturas tradicionais, existe no estado da Baía o santuário do Bom Jesus da Lapa, que funciona em uma caverna descoberta no século XVII, onde antigamente viviam apenas onças pintadas.

Há mais de 350 anos, o artista português Francisco Mendonça Mar, mais conhecido como Padre Francisco da Soledade, ourives, pintor e sacerdote católico, chegou ao Brasil para pintar o Palácio da Aclamação, então sede do governo da Bahia.

O que ele não esperava era que não fosse pago por seu trabalho e que, em um ato de traição e crueldade, ele seria acorrentado e feito escravo. Uma vez liberado, ele deixou Salvador, capital do estado, carregando imagens sagradas.

Em sua longa jornada, chegou ao Morro de Bom Jesus, um complexo natural de 90 metros de altura e nove cavernas no interior, a 796 quilômetros da capital da Bahia.

Instalado na “Gruta do Bom Jesus”, em 1691, ele colocou as pinturas de Jesus crucificadas e “Nossa Senhora da Soledade” (também chamada de piedade, de lágrimas, etc.).

Durante o ciclo do ouro, os garimpeiros mineiros iniciaram as peregrinações, que continuam até hoje como uma tradição e tornam o santuário um dos mais importantes do país.

Atualmente, são os padres redentoristas (congregação religiosa católica fundada em Scala, Itália, em 1732), que estão sob os cuidados da gruta.

O município de Bom Jesus da Lapa fica às margens do rio São Francisco e realiza grandes comemorações religiosas em meados de julho e agosto, quando celebra a festa do Divino Espírito Santo.

 
Este lugar é de uma beleza incomparável. Na caverna principal, logo antes da entrada, à esquerda na caixa há uma bela estátua de Jesus Cristo na cruz, de tamanho natural, de 1,75 m; depois, há outra caverna, anexada à principal que foi transformada numa capela chamada Santíssimo Sacramento.

Perto do portão da galeria, há uma abertura natural, de onde o céu é observado, a claridade entrando, como se para mostrar que a luz é uma bênção vinda de cima.

 
Na parte chamada Caverna do Monge é um espaço dedicado ao monge Francisco Mendonça Mar, seu criador, o primeiro a chegar às cavernas e transformá-las nessa bela realidade, porque ali começou Francisco a trabalhar com caridade ajudando os mais necessitado
 
Do lado de fora desta caverna há uma fonte natural de água que flui da montanha e é considerada milagrosa.

Imagens de Pietà, a escultura de Michelangelo com Maria segurando nos braços o corpo de Jesus ou o de São Francisco de Assis são algumas das várias imagens que podem ser apreciadas.

Fonte:
https://www.bomjesusdalapanoticias.com.br/bom-jesus-da-lapa/site-da-argentina-destaca-belezas-da-gruta-do-bom-jesus-da-lapa-como-um-dos-principais-pontos-turistico-do-brasil/ Adaptado Blog Barreiras Notícias.

Reações:
 
Top