Anuncios

SEJA NOSSO PATROCINADOR, DIVULGUE SUA MARCA E SEJA RECOLHECIDO MUNDIALMENTE!
 


A casa da família, atualmente pintada de amarelo, fica no bairro Paraíso
O policial militar reformado Carlos Roberto Costa Martins Júnior, de 42 anos, e o pai dele, Carlos Roberto Costa Martins, de 67 anos, morreram após serem baleados na tarde desta quarta-feira, em São Gonçalo. Um irmão do PM, Jean dos Santos Martins, de 44 anos, também foi baleado e socorrido para o Hospital estadual Alberto Torres. Ele passou por uma cirurgia e foi transferido para o CTI. Seu estado de saúde é estável.
O crime aconteceu por volta das 13h30, na residência da família, na Rua Nova Aurora, no bairro Paraíso. Além dos baleados, outras duas pessoas estavam na casa no momento do crime: a mãe e uma irmã do policial. As mulheres se esconderam ao ouvirem os tiros. O irmão do PM foi socorrido por vizinhos antes da chegada do Corpo de Bombeiros.
Ainda não há informações sobre a motivação do crime. A investigação será feita pela Delegacia de Homicídios de Niterói, São Gonçalo e Itaboraí. À noite, a mãe e a irmã do PM estiveram na delegacia, mas não quiseram falar com a imprensa. O pai do policial completaria 68 anos neste sábado e, segundo a viúva, na mesma data o casal iria comemorar os 45 anos de casamento.
Em nota, a Polícia Militar lamentou as mortes: "A Secretaria de Estado de Polícia Militar lamenta as mortes do policial militar reformado Carlos Roberto Costa Martins Júnior, de 42 anos, e do seu pai, ocorridas na tarde desta quarta-feira (16/10). Na ação criminosa, seu irmão também foi ferido e socorrido ao Pronto Socorro Central de São Gonçalo. Equipes do 7ºBPM (São Gonçalo) estão no local. A perícia foi acionada. Ocorrência em andamento na DHNSGI. Fonte: Jornal Extra.
Reações:
 
Top