Anuncios

SEJA NOSSO PATROCINADOR, DIVULGUE SUA MARCA E SEJA RECOLHECIDO MUNDIALMENTE!
 

A Catalan demonstrator waves an Estelada (Catalan separatist flags) in front of La Sagrada Familia Basilica during Catalonia's general strike in Barcelona, Spain, October 18, 2019.  REUTERS/Albert Gea

Lojas vandalizadas, caixotes do lixo e carros em chamas, confrontos com a polícia e agressões entre grupos de extrema-direita e manifestantes antifascistas. Foi assim a quarta noite consecutiva de protestos na Catalunha, com mais incidência em Barcelona. Esta sexta-feira (18), os protestos já levaram à interrupção de várias estradas e ao cancelamento de voos. Em dia de greve geral, espera-se que esta sexta-feira ocorra a maior manifestação dos últimos anos a favor da independência na região.

Catalan demonstrators chant slogans as they march during Catalonia's general strike in El Masnou, Spain, October 18, 2019.  REUTERS/Albert Gea
Em Barcelona, ocorre a maior manifestação dos últimos anos a favor da independência na região - REUTERS/Albert Gea/Direitos reservados
A tarde de quinta-feira (17) passou sem grandes incidentes, mas no início da noite e ao longo da madrugada o ambiente se agravou, com intensos confrontos entre a polícia e os manifestantes.
Houve vários carros incendiados, confrontos com a polícia e agressões entre manifestantes durante a noite.

A condenação pela justiça de líderes que lutam pela independência foi o motivo para a onda de manifestações violentas.

Cortes de estradas e voos cancelados

Esta sexta-feira está também marcada por cortes de autoestradas e várias vias na Catalunha, entre as quais a N2, próximo da fronteira entre Espanha e a França, informou o Ministério do Fomento.
Na cidade de Barcelona várias vias foram já parcialmente fechadas à circulação por causa das manifestações que se vão prolongar durante todo o dia.
Pelo menos 100 pessoas foram detidas e quase 200 agentes da polícia ficaram feridos desde o início dos protestos.
O caos também se instalou no aeroporto de Barcelona, com mais de meia centena de voos cancelados devido à greve geral.
Segundo as autoridades (Guardia Urbana), o trânsito vai ser restrito na Avenida Meridiana e a Ronda del Litoral, assim como numa das entradas de Barcelona, em Lobregat.
Há pouca disponbilidade de ônibus e trens, que estão funcionando precariamente. Agencia Brasil.

Reações:
 
Top