Mississippi executa homem que matou mulher e estuprou enteada de 12 anos

 

© Reprodução NY Post

Um homem que matou a mulher e estuprou a enteada foi executado, esta quarta-feira, no Mississippi. David Neal tornou-se na primeira pessoa a ser executada neste Estado em nove anos.


David Neal Cox, de 50 anos, foi condenado à morte na Penitenciária Estadual do Mississippi, em Parchman, por ter alvejado fatalmente Kim Kik Cox, em maio de 2010. Na cadeia, assumiu também ter estuprado a filha da mulher, na época com 12 anos, em frente ao corpo da mulher. 

O suspeito confessou o crime em 2012 e momentos antes de ser executado com uma injeção letal disse que queria que os seus filhos soubessem que: "Os amo muito e que já fui um bom homem”.

David Neal Cox foi executado após ter confessado o crime e após ter assinado um documento em que se considerou "digno da morte".

Segundo as autoridades, o homem mostrou arrependimento, algo que consideram positivo.

A enteada assistiu à sua execução, refere o NY Post.

Fonte: Notícias ao minuto

Comentários