Brasil conquista mais dois ouros na natação dos Jogos Paralímpicos de Tóquio

 

Talisson Glock | Foto: Miriam Jeske / CPB

Brasil chegou à oitava medalha de ouro na natação dos Jogos Paralímpicos de Tóquio 2020. Na manhã desta quinta-feira (2), os nadadores Talisson Glock e Gabriel Araújo subiram no lugar mais alto do pódio.

 

O primeiro a ganhar o ouro foi Talisson Glock que venceu a prova dos 400m livre da classe S6, para atletas com deficiências físicas, com o tempo de 4min54s42. Ele superou o italiano Antonio Fantin, atual campeão mundial, que marcou 4min55s70. O russo Viacheslav Lenskii completou o pódio com o bronze ao terminar o percurso em 5min04s84. Esta foi a segunda medalha do brasileiro no Japão que já havia conquistado dois bronzes, sendo um nos 100m livre S6 e outro no revezamento 4x50m livre misto até 20 pontos.

 

Depois, foi a vez de Gabriel Araújo colocar o segundo ouro no peito. Campeão paralímpico nos 200m livre da classe S2 e prata nos 100m costas da mesma classe, ele dominou a prova dos 50m livre da classe S2, para quem tem deficiências físicas, cravando 53s96. O segundo foi o chileno Alberto Abarza que fez 57s76 e a terceira posição ficou com o russo Vladimir Danilenko ao fazer em 59s47.

 

O Brasil soma 22 medalhas na natação dos Jogos Paralímpicos, sendo oito de ouro.


Fonte: Bahia Notícias

Comentários