Corpos de vítimas de Covid-19 estão sendo jogado ao rio na Índia

 


As autoridades indianas admitem que há corpos de vítimas de Covid-19 sendo despejados em rios, depois de, ao longo dos últimos dias, vários cadáveres terem sido encontrados no rio Ganges.

"Foram recuperados corpos de dentro dos rios em vários locais”, diz uma carta do governo do estado de Uttar Pradesh, a que a Reuters teve acesso. "A administração tem informações de que os corpos daqueles que sucumbiram à Covid-19 ou a qualquer outra doença estão sendo atirados ao rio em vez de serem descartados de acordo com os rituais adequados”.

Os especialistas estão preocupados com os casos não detetados nas aldeias de Uttar Pradesh e a carta pedia aos funcionários da aldeia e à polícia que impedissem as famílias de continuarem esta prática.

Pensa-se que os cadáveres estejam sendo jogados ao rio Ganges não só por medo da doença, mas também por tradições religiosas e devido ao aumento dos preços das cremações. Por isso, o governo daquele estado anunciou ainda que as famílias mais pobres vão receber cinco mil rúpias para cremar os corpos.

A situação demonstra os efeitos nefastos que esta vaga de coronavírus está tendo no país. Desde ontem, segundo o Ministério da Saúde indiano, foram reportados 326.098 contágios e morreram mais 3.890 pessoas. Notícias ao Minuto


Comentários