Anuncios

SEJA NOSSO PATROCINADOR, DIVULGUE SUA MARCA E SEJA RECOLHECIDO MUNDIALMENTE!
 


Milhares de pessoas protestam na capital do Irã por morte de general Suleimani
Foto: Reprodução / Twitter

Milhares de pessoas se reuniram nesta sexta-feira (3) em Teerã, capital do Irã, para protestar contra a morte do general Qassim Suleimani, após um ataque ao aeroporto de Bagdá, capital do Iraque, ordenado pelos Estados Unidos .

Os manifestantes entoaram gritos de “morte à América” e “morte à Israel”. As câmeras flagraram pessoas chorando pela morte do general, além de diversos cartazes com fotos de Suleimani. Os protestantes também queimaram bandeiras norte-americanas.

De acordo com a agência de notícias nacional IRNA, houve protestos em outras cidades do Irã, como  Arak, Bojnourd, Hamedan, Hormozgan e Sanandaj, além da cidade natal de Suleimani, Kerman.

Nome forte do Irã, ele estava abaixo hierarquicamente apenas do aiatolá Ali Khamenei, líder do supremo do país, que “severa vingança” contra os americanos . Mesmo não sendo o número um na hierarquia, Suleimani era uma espécie de herói nacional iraniano.

Foi decretado três dias de luto oficial. O presidente do país, Hassan Rouhani, também falou em vingança. Em um comunicado, ele disse ainda que a morte de Suleimani "redobra a determinação da nação iraniana e de outras nações livres da região de se opor à intimidação dos Estados Unidos e defender os valores islâmicos", segundo o jornal Folha de S. Paulo.

De acordo com a conta feita pelos Estados Unidos, Suleimani é responsável pela morte de 700 militares americanos em todo o mundo. Bahia Notícias.


Reações:
 
Top