Anuncios

SEJA NOSSO PATROCINADOR, DIVULGUE SUA MARCA E SEJA RECOLHECIDO MUNDIALMENTE!
 




O testemunho do pastor Edivaldo Júnior mostra o quanto o amor de Deus se faz presente, trazendo providência em situações de completo sofrimento, como em um acidente de carro. Foi por ter conseguido ouvir a voz do Senhor que o líder religioso disse ter conseguido pular do seu veículo em chamas, segundo antes de explodir.

O pastor Edivaldo lidera uma igreja batista na cidade de Conceição do Tocantins, e no último dia 16 acabou sofrendo um acidente com o seu Fiat Uno por volta das 13h40, na rodovia TO-050, ao fazer uma curva a 50 km da cidade de Arraias.

“Meu filho nasceu um dia antes do previsto. Passamos uma noite agitada e no dia seguinte resolvi ir para minha casa em Conceição ficar com meus outros dois filhos”, disse o pastor, lembrando que estava exausto devido à correria do dia.

“Estava muito cansado, não sei o que aconteceu exatamente, acho que apaguei, bati numa contenção de ferro. Quando despertei, o carro estava em chamas pelo lado de fora, tomado pelo fogo, principalmente o motor e as portas travadas devido ao impacto”, contou.

Ainda atordoado, Edivaldo disse que o Senhor lhe chamou atenção no momento exato para salvar a sua vida. “O milagre de Deus veio quando de repente o vidro desceu e escutei uma voz dizendo para eu pular. Foi a voz do Espírito Santo”, disse ele. Segundos depois o carro explodiu, segundo informações da AF Notícias.

“O carro já estava tomado pelo fogo. Tive que pular pela janela e queimei o braço. Quando rolei no chão, as chamas me queimaram. Deus me livrou da morte. Louvo a Deus pelo seu cuidado e por minha família não estar comigo. Perdi carro, notebook, carteira, celular, mas ganhei a oportunidade de permanecer vivo”, acrescentou o pastor.

O pastor Edivaldo foi socorrido ainda na pista por um morador local e um motorista que parou para lhe ajudar. Ele foi levado para o Hospital Regional de Arraias, de onde recebeu alta e foi para sua casa, mas precisou retornar em seguida devido a uma inflamação no braço que sofreu queimadura de 2° grau.

“Ele precisará ser avaliado por um cirurgião plástico e talvez transferido para o HGP. Até agora não tem previsão de alta, ele tem reclamado de muitas dores. Peço que todos orem pela vida e recuperação do meu marido”, disse Lilian Pereira, esposa do pastor.

via Will R. Filho – Gospel Mais// Adaptado Blog Barreiras Notícias.
Reações:
 
Top