Anuncios!

Notícias em Destaques

Trump classifica de "ato de covardia" tiroteio no Texas, com 20 mortos


O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, classificou neste domingo de "ato de covardia" o tiroteio em um shopping de El Paso (Texas) no qual morreram pelo menos 20 pessoas e outras 26 ficaram feridas.
"O tiroteio de hoje em El Paso, Texas, não só foi trágico, foi um ato de covardia", escreveu Trump na sua conta do Twitter sobre o ataque realizado por um suspeito de 21 anos que se entregou à polícia.
O presidente americano acrescentou que "não há razões ou desculpas que justifiquem o assassinato de pessoas inocentes".
"Sei que estou com todos neste país para condenar o ato de ódio de hoje", afirmou antes de enviar, em seu nome e no da sua esposa, Melania, suas mais sinceras condolências ao povo do Texas.
O massacre aconteceu no sábado em uma sede da rede de lojas Walmart no sul de El Paso, cidade na fronteira com o México e com cerca de 700 mil habitantes.
"Vinte inocentes morreram hoje em El Paso e mais 26 ficaram feridas", afirmou o governador do Texas, Greg Abbott, em entrevista coletiva.
Junto com Abbott estava Greg Allen, inspetor de polícia da cidade, que afirmou que a investigação preliminar aponta para "um vínculo com um crime de ódio", sem dar mais detalhes.
O suspeito se entregou aos agentes da Polícia no shopping sem oferecer resistência.
Antes de se saber o número oficial de mortos, Trump já tinha se referido, também no Twitter, ao terrível "tiroteio" e a relatórios "muito ruins, muitos mortos".
Na hora do fato, os shoppings estavam com grande afluência de clientes para fazer compras para o início do ano escolar.
No fim de semana passado aconteceu outro tiroteio em um festival de gastronomia em Gilroy (Califórnia), que deixou quatro mortos.
Fonte: Agencia EFE.
Tecnologia do Blogger.