Anuncios!

Notícias em Destaques

Conmebol decide que 2ª final da Libertadores será em 8 ou 9 de dezembro


A Conmebol definiu nesta terça-feira que o segundo jogo da final da Taça Libertadores, entre River Plate e Boca Juniors, será disputada nos dias 8 ou 9 de dezembro, fora da Argentina, após reunião com representante dos clubes.
A partida estava prevista para o último sábado, mas, acabou sendo adiada para o dia seguinte, após torcedores do River apedrejarem e lançarem garrafas contra o ônibus que levava a delegação do Boca para o estádio Monumental de Núñez. O volante Pablo Pérez, capitão dos 'Xeneizes', inclusive, acabou ficando com o olho esquerdo ferido.
No dia seguinte, diante do posicionamento da direção do Boca Juniors, de não entrar em campo e da falta de garantias de segurança, a Conmebol decidiu adiar novamente a volta da decisão, iniciada com empate em 2 a 2, ocorrido no dia 11 deste mês, em La Bombonera.
Em comunicado divulgado logo após o encontro de dirigentes, a entidade apontou que é "prudente" a partida de volta não ser disputada no país de origem dos dois times, devido aos incidentes violentos dos últimos dias. A decisão é baseada no artigo 4 do regulamento do torneio.
No texto, a Conmebol ainda garante que custeará as viagens, a hospedagem, a alimentação e o transporte interno das duas delegações, que deverão ser compostas por, no máximo, 40 pessoas. Não há menção, no entanto, a situação dos torcedores que compraram ingressos para a partida prevista para o último sábado.
A definição da nova data e a do local do jogo, no entanto, estão suspensas, até que o Tribunal Disciplinar da entidade sul-americana julgue dois recursos, do Boca, pedindo que seja declarado campeão, e da própria Conmebol, solicitando punições ao River.
O time mandante da segunda partida, por sua vez, insistiu na manutenção do Monumental de Núñez como local do encontro e da presença de sua torcida nas arquibancadas, o que foi rechaçado na reunião de hoje, realizada no Paraguai. Agencia EFE.
Tecnologia do Blogger.